Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Soltas de Albergaria.

por alho_politicamente_incorreto, em 27.01.17

Há poucos dias, a edilidade fez saber que, afinal, a requalificação do Mercado Municipal, cujas obras decorrerão a tempo do prélio eleitoral no próximo outono, conta com uma comparticipação do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) de 85 por cento. Alguém se terá, entretanto, lembrado de que divulgar o custo da participação do Município, orçada em pouco mais de 238 mil euros, poderia ser relevante. Um daqueles casos de (fina) sensibilidade eleitoral.

 

A autarquia, as famílias e o preço da água. De acordo com o Regulamento Municipal de Apoio aos Consumos Domésticos de Água, Saneamento e Resíduos Urbanos, passará a ser possível apoiar agregados familiares em situação de necessidade económica no pagamento daqueles encargos, facilitando o acesso a um bem essencial. Exatamente por ser um bem essencial, teria sido absolutamente diferenciador que o candidato vencedor nas últimas eleições autárquicas tivesse honrado a promessa de baixar o preço da água que, em Albergaria, atinge valores estranhamente proibitivos.

 

A Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha acolhe, até 26 de janeiro, a exposição “Encontros”, composta por trinta trabalhos de Arte e Fotografia dos alunos de Artes da Universidade Sénior da Educalba – Associação de Cultura e Educação de Albergaria-a-Velha. Uma iniciativa pejada de mérito, que confirma o excecional trabalho desenvolvido naquela Universidade Sénior, criada em 2014 pela Educalba e posteriormente registada na RUTIS – Associação Rede de Universidades da Terceira Idade.

José Manuel Alho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não me deem fórmulas certas.

por alho_politicamente_incorreto, em 23.01.17

Uma seguidora assídua, em simpático e-mail, abundantemente denunciado pelo excesso de generosidade, fez ainda assim questão de me apontar a dolorosa (para os visados) subtileza de algumas críticas veiculadas neste espaço, acabando por fazer apelo à minha (suposta) magnanimidade por forma a não afetar o humor de certas personalidades tocadas pelo meu olhar «pensadamente incisivo». Respondi-lhe com desassombrado à-vontade, fazendo minhas as palavras de Clarice Lispector: «Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir o meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma sempre.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Portugal despediu-se de Mário Soares.

por alho_politicamente_incorreto, em 19.01.17

Lutou com singular perseverança contra a ditadura, foi preso mais de uma dezena de vezes e, já com ficha na PIDE, casou na prisão para logo deixar o país. Regressou depois do 25 de Abril para ser um pouco de tudo na política (deputado, ministro, primeiro-ministro, Presidente da República e eurodeputado). Notabilizou-se no combate à ditadura, na libertação democrática, na resistência ao comunismo, na opção europeia e no processo de consolidação democrática. No passado dia 10, a sua urna foi colocada ao lado da urna da mulher da vida de Soares, Maria Barroso, falecida a 7 de Julho de 2015. E foi aí que se deu o derradeiro adeus acompanhado de uma sentida salva de palmas de homenagem a Mário Alberto Nobre Lopes Soares, falecido no dia 7 de Janeiro de 2017 aos 92 anos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Soltas de A a Z para 2017

por alho_politicamente_incorreto, em 09.01.17

António Loureiro, o atual presidente da edilidade, será garantidamente recandidato a novo mandado nas eleições do próximo outono. Expectativa por saber se repetirá o triunfo com maioria absoluta, se obterá uma vitória pela margem mínima ou se o improvável, logo ao fim do primeiro mandato, acontecerá.

 

Benfica, essa paixão que, quando espirra, deixa Portugal constipado, alcançará o tão desejado tetracampeonato?

Consensos que unam o país no essencial será tarefa que, receio, nem um Presidente da República com tão elevada popularidade logrará alcançar.

 

“Dissidente” do CDS/PP e ex-Tesoureira da Junta de Freguesia da Branca ajudou, segundo a última edição deste jornal, a chumbar Plano de Atividades e Orçamento para 2017. Durinho…

 

Educação, um setor que, a nível local e nacional, reclama coragem para corrigir erros crassos e sensibilidade para desfazer preconceitos atávicos. Logo a partir do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

 

Feriados. O novo ano contempla cinco feriados e mais cinco possibilidades de fazer ponte. O povão pode contar com cinco fins-de-semana prolongados e mais cinco feriados à terça e quinta-feira, que podem transformar-se em pontes.

 

A Gala Solidária da Associação de Solidariedade Social Sanjoanense terá, em razão do sucesso ora alcançado, de ter continuidade em 2017. É imperativo continuar a “Distribuir Sorrisos”.

 

«A Honestidade é a base de todo o sucesso, sem a qual a confiança e a capacidade de realizar deixará de existir.» (Mary Kay Ash)

 

Impostos, o que há de mais certo na vida além da morte. Novo ano, novas cargas fiscais. Tabaco, álcool e o imposto sobre veículos voltam a aumentar.

 

Jornal Correio de Albergaria, acabadinho de chegar à centésima edição desta II Série, já ultrapassou as melhores expectativas e o futuro, apesar de todos os constrangimentos, afigura-se prometedor.

 

Licínio Pimenta deverá ser o grande adversário do atual presidente de Câmara na próxima contenda autárquica. Alguns números que já circulam por aí dão esperança.

 

Morte. Ao longo de 2016, muitos artistas morreram deixando o mundo do espetáculo e das artes indiscutivelmente mais pobre. Que 2017 seja mais misericordioso.

 

O Natal passou. Por isso, urge, mais do que nunca, fincar a resolução de Charles Dickens: «Honrarei o Natal em meu coração e tentarei conservá-lo durante todo o ano.»

 

Orquestra Filarmonia das Beiras merece justo reconhecimento pela ação meritória que desenvolve desde 1999. Orientada por princípios de promoção e evolução da cultura musical, através de ações de captação, formação e fidelização de públicos e de apoio na formação profissionalizante de jovens músicos, notabilizou-se por democratizar e descentralizar a  oferta cultural.

 

Apontamento final:

 

Que tenhamos Paz e alguma qualidade de vida.

Estou certo que realizaremos, em 2017, grandes feitos que nos trarão a satisfação de que precisamos para ultrapassar tempestades futuras.

Unidos, vergaremos obstáculos no intrincado xadrez da vida.

Por isso, aceitemos zarpar rumo a um futuro que nos devolva a esperança há tanto arredia das nossas vidas. Bom ano!

José Manuel Alho

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Google Tradutor


Repto


No meio da rua...


Alhadas passadas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Assinantes de feed

ASSINE NOSSO FEED

Feed

Gadget by Feed Burner modificado por bloggerenciado

Links

Educação

Outros BLOGS

Recursos